Meu Perfil
BRASIL, Sul, CURITIBA, UBERABA, Homem, de 46 a 55 anos, Portuguese, English, Livros, Cinema e vídeo, Ciência, Astronomia



Histórico
 01/10/2015 a 31/10/2015
 01/11/2013 a 30/11/2013
 01/10/2013 a 31/10/2013
 01/09/2013 a 30/09/2013
 01/08/2013 a 31/08/2013
 01/07/2013 a 31/07/2013
 01/05/2013 a 31/05/2013
 01/03/2013 a 31/03/2013
 01/02/2013 a 28/02/2013
 01/11/2012 a 30/11/2012
 01/08/2012 a 31/08/2012
 01/07/2012 a 31/07/2012
 01/06/2012 a 30/06/2012
 01/02/2012 a 29/02/2012
 01/01/2012 a 31/01/2012
 01/09/2011 a 30/09/2011
 01/08/2011 a 31/08/2011
 01/07/2011 a 31/07/2011
 01/06/2011 a 30/06/2011
 01/02/2011 a 28/02/2011
 01/01/2011 a 31/01/2011
 01/11/2010 a 30/11/2010
 01/10/2010 a 31/10/2010
 01/09/2010 a 30/09/2010
 01/07/2010 a 31/07/2010
 01/05/2010 a 31/05/2010
 01/04/2010 a 30/04/2010
 01/03/2010 a 31/03/2010
 01/01/2010 a 31/01/2010
 01/12/2009 a 31/12/2009
 01/09/2009 a 30/09/2009
 01/08/2009 a 31/08/2009
 01/07/2009 a 31/07/2009
 01/06/2009 a 30/06/2009
 01/05/2009 a 31/05/2009
 01/03/2009 a 31/03/2009
 01/01/2009 a 31/01/2009
 01/12/2008 a 31/12/2008
 01/11/2008 a 30/11/2008
 01/10/2008 a 31/10/2008
 01/09/2008 a 30/09/2008
 01/08/2008 a 31/08/2008
 01/07/2008 a 31/07/2008
 01/06/2008 a 30/06/2008
 01/05/2008 a 31/05/2008
 01/04/2008 a 30/04/2008
 01/03/2008 a 31/03/2008
 01/02/2008 a 29/02/2008
 01/01/2008 a 31/01/2008
 01/12/2007 a 31/12/2007
 01/11/2007 a 30/11/2007
 01/10/2007 a 31/10/2007
 01/09/2007 a 30/09/2007
 01/08/2007 a 31/08/2007
 01/07/2007 a 31/07/2007
 01/06/2007 a 30/06/2007
 01/05/2007 a 31/05/2007
 01/04/2007 a 30/04/2007
 01/03/2007 a 31/03/2007
 01/02/2007 a 28/02/2007
 01/01/2007 a 31/01/2007
 01/12/2006 a 31/12/2006
 01/11/2006 a 30/11/2006
 01/10/2006 a 31/10/2006
 01/09/2006 a 30/09/2006
 01/08/2006 a 31/08/2006
 01/07/2006 a 31/07/2006
 01/06/2006 a 30/06/2006
 01/05/2006 a 31/05/2006
 01/04/2006 a 30/04/2006
 01/03/2006 a 31/03/2006
 01/02/2006 a 28/02/2006
 01/01/2006 a 31/01/2006
 01/12/2005 a 31/12/2005
 01/11/2005 a 30/11/2005
 01/10/2005 a 31/10/2005
 01/09/2005 a 30/09/2005
 01/08/2005 a 31/08/2005
 01/07/2005 a 31/07/2005
 01/06/2005 a 30/06/2005
 01/05/2005 a 31/05/2005
 01/04/2005 a 30/04/2005


Categorias
Todas as mensagens
 Boca no Mundo
 Ciência, Astronomia
 Poesia e Literatura
 Outras Artes
 Filmes e séries


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 BLOG DAELN-UTFPR
 Mário Bortolotto
 Micos, Gafes & Vexames
 Bacia das Almas - Paulo Purim
 Proibido Ler de Gravata
 Márcio Américo
 BLOG da Merie
 Angeli
 BLOG da Livraria Osório SEBO
 Leo Jaime, o BLOG
 Crônicas, vários autores
 Diário de uma Prostituta
 NonaArte HQ's
 Bertoldo Schneider, Site
 Engenheiras de Saia
 Poéticas Profecias
 Espelunca - Ademir Assunção
 Stocker - Stockadas
 Bestiário (POESIAS)
 Mustafá & A Confraria
 UOL-BLOG
 Thadeu, Polaco poeta
 Mônica Berger, Poeta
 Poesia Jornal
 Astrália-Marcos Prado-Tributo
 Blog do Eltom
 Blog do Machado


 
QuasarGhost, The BSJ WeB Log
 

Paulo, o Brabo

Paulo Brabo é um desses caras que nasceram no mundo errado, ou na época errada. Um desses caras que têm a personalidade tão flamejante que queima algumas pessoas a sua volta. Acaba fazendo inimigos sem querer, sem saber, só porque tem brilho demais e... convenhamos... a palavra solta demais. Mas isso, no caso dele, não é nenhum defeito. O cabra escreve demais! Nos dois sentidos. Ele tem um blog através do qual fala de tudo. E em tudo que fala ou escreve se vê muita competência. É tanta coisa que não consigo acompanhar e acaba tornando o blog um labirinto difícil de explorar. Escritor de primeira! Esta semana ele postou lá um texto brilhante (veja em http://www.baciadasalmas.com/2006/a-medida-das-coisas) e teve a gentileza de dedicá-lo a este aprendiz. Agradeço muito, especialmente por ser um texto tão bom. Confira e passeie por seu Blog, garanto que vale a pena. Tem uns insetinhos que curto muito. O nome de seu Blog, "bacia das almas" tem múltiplas referências (acabei encontrando uma clássica estes tempos e que voltou pro limbo, pois não anotei), mas a que eu gosto é a de que seu pai tinha uma bacia atrás de sua casa  onde jogava as "almas mortas" (quem saber mais? visite seu Blog). O texto fala sobre a medida das coisas. Tem várias subleituras, todas elas "absolutely delightful". Lembrei-me de uma história que li recentemente (para uma palestra sobre Magnetismo que dei) de que Humboldt (Friedrich Wilhelm Heinrich Alexander von Humboldt, 1769,1858... o cara que deu o nome à principal Universidade de Berlim, onde o grande Landau trabalhou) teve a idéia (na época, absolutamente Nerd) de medir todos os dias para onde a agulha de sua bússola apontava. Coisa louca de se fazer na época, mas sua "nerdisse" deu frutos. Ele foi o primeiro a descobrir (e comprovar com medições) que o campo magnético terrestre variava lentamente de direção e, algo muito mais impressionante para a época, num dos dias ele mediu uma forte modificação do campo. Ele acabava de ser o primeiro a detectar diretamente uma tempestade magnética solar. Tiro meu chapeu para estes dois cidadãos.



Escrito por Bertoldo Schneider Jr. às 14h29
[ ] [ envie esta mensagem ]



Brasil x Gana, Brasil engana!

E o Ronaldo, o Gordo, mesmo gordo é melhor que 99,999% dos bons jogadores! Ainda bem que pelo menos disso ele entende. E o Adriano? O cara veio correndo desde a intermediária em posição de impedimento e quando recebeu o passe (grande passe) de Cafú fez um gol ilegal e "sem querer". Perceberam como a bola bateu em sua coxa e subiu? Isso não é finalização em nenhum lugar do mundo. O gol só saiu porque Adriano estava embaixo do gol. Adriano não está merecendo estar nem no banco. Cafú também poderia fazer uma experiência no banco, por alguns jogos, até acabar a copa. Os outros gols foram gols de verdade, gols brasileiros. Mas não vamos nos alegrar. O Brasil não jogou bem, Gana estava desfalcada e num dia muito ruim. Ainda não jogamos com ninguém que soubesse finalizar para o gol (ainda bem!). Vamos ver no que dá.

Escrito por Bertoldo Schneider Jr. às 13h12
[ ] [ envie esta mensagem ]



Fair Play

Vou falar de novo desse tal de Fair Play. Essa coisa só faz sentido se o jogador "quiser" fazer. Não se deve obrigar. O Futebol, como quase qualquer esporte, é uma guerra simulada. Quem entende o mínimo de psicologia e história sabe disso. As regras proibem um monte de anti-jogo, deslealdade, violência, etc. O tal do fair play está mais para aquilo que conhecemos como "cavalheirismo". É algo paralelo às regras. Ninguém pode ser obrigado a ser cavalheiro... ou você é ou não. É algo intrínseco do "indivíduo". Ninguém, muito menos aquele retardado (que dá a impressão de jamais ter disputado uma pelada na vida) do Galvão Bueno, pode "exigir" que se faça o tal do "fair play". Se um time tem a posse de bola, ele pode escolher o que fazer com ela. Não se podia exigir que a Holanda devolvesse a bola só porque o juiz fez uma estupidez de parar um ataque perigosíssimo só por causa de um jogador que do outro lado do campo estava com "dodoizinho". Se fosse assim, porque não se exigiu da Itália que chutasse o fatídico pénalti (dado no último minuto dos acrescimos, pra lá de roubado) para fora? Anular o gol do Adriano, isso seria Fair play.



Categoria: Boca no Mundo
Escrito por Bertoldo Schneider Jr. às 10h55
[ ] [ envie esta mensagem ]



Ronaldo, o Gordo

A CBF acaba de liberar a verdadeira história do peso do Ronaldo (se é que esta é a verdadeira e não mais um truque de fumaça, o que é bem provável). Na última copa que ele “estourou”, ele estava com 82 Kg. Desta vez, ele chegou na Alemanha com 95 Kg. Perdeu 4,5 até hoje e está num ritmo de perda de 1 Kg por semana. Mesmo se tudo continuar assim, ele estará muitos quilogramas acima do peso até a final. O problema não é essa viadagem de estar ou não acima do peso, mesmo porque o Ronaldo gordo pode, embora ainda não tenhamos visto isto, ser muito melhor que 99,99% dos bons jogadores do mundo. O problema é o lance de “esconder” a coisa. Nosso povo é mesmo entorpecido. Parece que nem lembramos do que aconteceu na final em que o Ronaldo fodeu o jogo e perdemos para a França. Toda aquela mentirada levou muitos anos para ser esclarecida. Nem vou comentar o outro problema da fraqueza psicológica do Ronaldo e principalmente de toda a comissão da seleção. A doença que costumava ser endêmica na região de Brasília parece ter se espalhado por todo o Brasil. Quando é que vamos aprender?



Categoria: Boca no Mundo
Escrito por Bertoldo Schneider Jr. às 07h41
[ ] [ envie esta mensagem ]



Morreu o Bussunda

Morreu o Bussunda. De hoje em diante a gente vai rir um pouco menos. Cláudio Besserman Vianna. Besser, do Alemão, significa melhor. Humorista do Casseta & Planeta era a figura mais emblemática do grupo. Trabalhou na Casseta Popular e TV Pirata, pra citar só os mais conhecidos. Bussunda nasceu exatamente no mesmo dia que eu. Era um dos exemplos que eu usava para provar que minha geração não foi inútil, de que a droga do ensino modelado pelos militares e positivistas nos anos 70 não tinha conseguido ferrar completamente tudo. Ele estava com o grupo Casseta na Alemanha cobrindo a Copa do Mundo. O cara morreu de um ataque cardíaco durante uma partida de futebol com os amigos. Uma pena, realmente uma pena. Mas, se é pra morrer, que seja assim, não é?! Entre amigos... jogando futebol...



Categoria: Boca no Mundo
Escrito por Bertoldo Schneider Jr. às 07h23
[ ] [ envie esta mensagem ]



Trio Parada dura

Nesta sexta vieram aqui em casa pra tomar uma cervejas e ver sei lá que jogo meus amigos de mais de vinte anos, o Carranza e o Faisal. Eu não os via há muitos anos. Estão a mesma merda que eram antes. Foi muito bom revê-los e espero que agora isso se repita com frequência. Esse mesmo trio, mais o Guilherme Pantano, (e acho que também o Serafim Baiano Vieira Dias) esteve há uns vinte e cinco anos acampado à margem do Rio Bom. Não me lembro se pescamos alguma coisa, mas a gente bebeu pra caramba. Lembro-me muito bem de que só levamos latas de feijoada, farofa e cachaça. O Faisal tinha uma latinha de Fiambre que tentou abrir sem que outros vissem e deu a maior zoeira... Tem ainda a história de que o Guilherme e sei lá mais quem estavam na barraca tomando batida de côco quando o Faisal botou a cabeça para dentro da barraca falando: "Hum... cheirinho gostoso!" e o Guilherme mandou rápido: "Foi eu que peid..!". A vida é bela, não é? A gente nem sabia.



Categoria: Boca no Mundo
Escrito por Bertoldo Schneider Jr. às 21h58
[ ] [ envie esta mensagem ]



Amenidades 06/06

Tem gente que se aluga com coisas do tipo 6 horas, seis minutos do dia 6 de 6 de 2006. Qual a graça? Acontece todo ano, com numeros diferentes. Tem gente que se espanta com coincidências de posição de estrelas e ângulos das pirâmides. É só me chamar, mostrar qualquer cômodo da casa e em um dia eu acho uma meia dúzia dessas "coincidências". Mudando de assunto, nostros Hermanos Argentinos jogaram bem pra caramba hoje, mesmo considerando que seu adversário era um time completamente despedaçado, pois ontem a Sérvia se separou de Montenegro e os jogadores não estavam com caras boas uns para os outros. Apesar disso, parabéns aos Hermanos e que fiquem pelo caminho antes de enfrentar o Brasil. Tem uma que eu tenho que contar. Em São Paulo, um carro foi apreendido por acaso pelo motivo interessantíssimo de ter em ambos, documento e placa, o nome da cidade escrito erradamente. Estava escrito: FRORIANÓPOLIS. Até bandido pode, de vez em quando, trazer alegria...

Escrito por Bertoldo Schneider Jr. às 21h44
[ ] [ envie esta mensagem ]



Ronaldo

O que dizer de Ronaldo, o ego inflado (não só o ego, como dizem) da seleção brasileira. O que é que esse cara pensa da vida? Que tipo de respeito ele, que já mentiu antes, que já escondeu coisas importantes antes, que já teve grandes empresas colocando-o em campo antes... que tipo de respeito ele está pleiteando dos repórteres? O respeito, como já dizia minha mãe (e, suponho, todas as outras) se conquista com muitas coisas e... mentiras e dinheiro não estão entre elas. No primeiro jogo contra a Croácia, eu, com mais de cem quilos e mais de quarenta anos, teria corrido mais. O Esporte Espetacular mediu e o Ronaldo esteve em contato com a bola, durante o último jogo, somente por 5 segundos. O Carranza sintetizou tudo. Foi o Conaldo que jogou. Ele foi mesmo só um cone, desses de organizar trânsito, colocado no gramado. Jogamos com um a menos por quase todo o jogo. As reclamações do Ronaldo, pra quem tem um mínimo de intimidade com psicologia, não passam de reclamações de bebê-chorão. O cara é muito fraco! Fica dodoizinho porque vivem espalhando que ele não treina por causa disso, por causa daquilo, porque tá gordinho, tem bolhinha no pé, etc. Porra! Ele está na Seleção brasileira! Não tem o direito de jogar mal não! Se jogar mal na Seleção (notem que até uso maiúsculas), tem que sair. Será que ele não tem um tipo de doença rara que é o pavor de jogos importantes? E aquele médico da seleção, capaz de explodir o fim de escala de qualquer detector de mentiras. Será que ele pensa realmente que tem bala pra continuar enganando os brasileiros? Infelizmente eu acho que sim, porque nós, brasileiros, últimos colocados nos índices culturais e de educação, também não nos esforçamos para deixar de ser tão fracos como o “ídolo”. Claro que ele merece respeito pelo futebol que já jogou. Mas, merece também pela enganação que impôs a todos os brasileiros no dia da final contra a França? Será que aquela comissão técnica não aprendeu nada com aquela derrota? Seriam tão imbecis a ponto de cometerem o mesmo erro de novo? E o menininho chorão, quando é que vai crescer? Se não aprendeu nada com tudo que já lhe aconteceu, será que melhora? Duvido! A Seleção era para ser uma equipe dos melhores soldados da especialidade futebol. A gente não precisa de gente como o Sr. Ronaldo. E antes que eu me esqueça, nem de retardados como o Cafú (esse eu respeito dentro do campo, mas fora, não) que usou um dos momentos mais importantes dessa nação, quando deveria ter uma atitude de verdadeiro capitão, de embaixador, ... usou para dar um melífluo e egoísta e desimportante recadinho para sua mulher. E o povão gostou! A gente merece mesmo o PT! É por essas e outras que continuamos com o mesmo e único Rei, o Édson do Nascimento, eterno Pelé, Homem de verdade. Esse sujeito, chamado Ronaldo, pode até vir a ser o melhor da copa, mas um cabra de verdade não será nunca. Sua dignidade já está irremissivelmente afetada. Aliás, escolhi a charge alemã (se não me engano) porque reflete bem o que ele tem na cabeça: não a bola, aquilo que tem dentro da bola.



Categoria: Boca no Mundo
Escrito por Bertoldo Schneider Jr. às 08h43
[ ] [ envie esta mensagem ]



Começa a COPA

Começa a copa nesse dia 9 de junho, aniversário do meu mano Fábio, que peleja em Seattle atrás dum doutorado. Parabéns, mano. Sinto muito que você não esteja aqui. Em situações assim, principalmente, era que a gente estava sempre junto. Sinto também porque você não pôde ver a propaganda absolutamente impagável e impecável da SKOL. Aquela do tema do "carrinho"  do futebol. A segunda melhor propaganda de futebol que já vi (a primeira é antiga mas era aquela intenacional de uma barreira de uns 40 jogadores (mesmo!) para tentar impedir um chute de falta de um time de azul-e-amarelo-canário [quem será?] e a bola fez não uma curva, mas meia órbita inteira na barreira e entrou no gol. Meu Mano perdeu também aquela do maradona cantando o hino brasileiro perfilado na seleção brasileira (tão impossível que ninguém acredita que não seja montagem) na propaganda do guaraná Antarctica. A copa começou quente, 3 gols em 17 minutos. Mas a Alemanha é medíocre (pelo menos hoje, infelizmente). Jogo que dá sono. O primeiro gol foi uma pintura, golaço, absolutamente consciente e tal, com direito a olhadinha para a pena da coruja que o cara queria acertar, mas foi só isso. O terceiro gol parecia tramado, ensaiado, mas no replay dá pra notar que só deu certo porque a bola esbarrou na defesa da Costa Rica. No segundo gol, o cara errou o chute que virou um passe "de gênio". E tem outra coisa... esse negócio de fair play tem que ter limite, alguém tem que ensinar para os 25 de campo o que é isso. Porra, é copa do mundo: se você está com a bola e tem um jogador do outro time caído, foda-se! Isso é coisa do futebol. Se não tem fratura exposta ou risco de dano permanente, deixa passar. Os caras confundem jogo limpo, jogo de cavalheiros, com jogo do maternal. Jogador da Alemanha ficou dodoizinho e o juiz pede para o outro time jogar a bola pra fora... que é que é isso? Se o juiz não pediu, babaquice do time que desistiu da jogada... se o juiz pediu, é crime! Fair play não é isso não. O nome do primeiro goleiro a levar gol nesta copa é Porras. Legal, né? Enquanto escrevo isso, a Alemanha faz o quarto. Lindo gol, chute da intermediária e entra na forquilha. Não sou fã desse tipo de gol porque ele é meio na-sorte. Costa rica chutou 3 e fez dois, a Alemanha chutou dezenas de longe para este entrar. Portanto, mantenho a opinião. Em tempo, quem fez dois gols dos 4x2 foi Klose, que também faz aniversário hoje. Mas o melhor jogador em campo, embora os globais não tenham reparado, foi Schneider. Também, com esse nome.



Categoria: Boca no Mundo
Escrito por Bertoldo Schneider Jr. às 13h27
[ ] [ envie esta mensagem ]




[ ver mensagens anteriores ]