Meu Perfil
BRASIL, Sul, CURITIBA, UBERABA, Homem, de 46 a 55 anos, Portuguese, English, Livros, Cinema e vídeo, Ciência, Astronomia



Histórico
 01/10/2015 a 31/10/2015
 01/11/2013 a 30/11/2013
 01/10/2013 a 31/10/2013
 01/09/2013 a 30/09/2013
 01/08/2013 a 31/08/2013
 01/07/2013 a 31/07/2013
 01/05/2013 a 31/05/2013
 01/03/2013 a 31/03/2013
 01/02/2013 a 28/02/2013
 01/11/2012 a 30/11/2012
 01/08/2012 a 31/08/2012
 01/07/2012 a 31/07/2012
 01/06/2012 a 30/06/2012
 01/02/2012 a 29/02/2012
 01/01/2012 a 31/01/2012
 01/09/2011 a 30/09/2011
 01/08/2011 a 31/08/2011
 01/07/2011 a 31/07/2011
 01/06/2011 a 30/06/2011
 01/02/2011 a 28/02/2011
 01/01/2011 a 31/01/2011
 01/11/2010 a 30/11/2010
 01/10/2010 a 31/10/2010
 01/09/2010 a 30/09/2010
 01/07/2010 a 31/07/2010
 01/05/2010 a 31/05/2010
 01/04/2010 a 30/04/2010
 01/03/2010 a 31/03/2010
 01/01/2010 a 31/01/2010
 01/12/2009 a 31/12/2009
 01/09/2009 a 30/09/2009
 01/08/2009 a 31/08/2009
 01/07/2009 a 31/07/2009
 01/06/2009 a 30/06/2009
 01/05/2009 a 31/05/2009
 01/03/2009 a 31/03/2009
 01/01/2009 a 31/01/2009
 01/12/2008 a 31/12/2008
 01/11/2008 a 30/11/2008
 01/10/2008 a 31/10/2008
 01/09/2008 a 30/09/2008
 01/08/2008 a 31/08/2008
 01/07/2008 a 31/07/2008
 01/06/2008 a 30/06/2008
 01/05/2008 a 31/05/2008
 01/04/2008 a 30/04/2008
 01/03/2008 a 31/03/2008
 01/02/2008 a 29/02/2008
 01/01/2008 a 31/01/2008
 01/12/2007 a 31/12/2007
 01/11/2007 a 30/11/2007
 01/10/2007 a 31/10/2007
 01/09/2007 a 30/09/2007
 01/08/2007 a 31/08/2007
 01/07/2007 a 31/07/2007
 01/06/2007 a 30/06/2007
 01/05/2007 a 31/05/2007
 01/04/2007 a 30/04/2007
 01/03/2007 a 31/03/2007
 01/02/2007 a 28/02/2007
 01/01/2007 a 31/01/2007
 01/12/2006 a 31/12/2006
 01/11/2006 a 30/11/2006
 01/10/2006 a 31/10/2006
 01/09/2006 a 30/09/2006
 01/08/2006 a 31/08/2006
 01/07/2006 a 31/07/2006
 01/06/2006 a 30/06/2006
 01/05/2006 a 31/05/2006
 01/04/2006 a 30/04/2006
 01/03/2006 a 31/03/2006
 01/02/2006 a 28/02/2006
 01/01/2006 a 31/01/2006
 01/12/2005 a 31/12/2005
 01/11/2005 a 30/11/2005
 01/10/2005 a 31/10/2005
 01/09/2005 a 30/09/2005
 01/08/2005 a 31/08/2005
 01/07/2005 a 31/07/2005
 01/06/2005 a 30/06/2005
 01/05/2005 a 31/05/2005
 01/04/2005 a 30/04/2005


Categorias
Todas as mensagens
 Boca no Mundo
 Ciência, Astronomia
 Poesia e Literatura
 Outras Artes
 Filmes e séries


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 BLOG DAELN-UTFPR
 Mário Bortolotto
 Micos, Gafes & Vexames
 Bacia das Almas - Paulo Purim
 Proibido Ler de Gravata
 Márcio Américo
 BLOG da Merie
 Angeli
 BLOG da Livraria Osório SEBO
 Leo Jaime, o BLOG
 Crônicas, vários autores
 Diário de uma Prostituta
 NonaArte HQ's
 Bertoldo Schneider, Site
 Engenheiras de Saia
 Poéticas Profecias
 Espelunca - Ademir Assunção
 Stocker - Stockadas
 Bestiário (POESIAS)
 Mustafá & A Confraria
 UOL-BLOG
 Thadeu, Polaco poeta
 Mônica Berger, Poeta
 Poesia Jornal
 Astrália-Marcos Prado-Tributo
 Blog do Eltom
 Blog do Machado


 
QuasarGhost, The BSJ WeB Log
 

Morreu Arthur Clarke

  Foda! Morreu Arthur Clarke, o cara responsável por eu fazer o que faço hoje. Depois faço algo mais caprichado...



Categoria: Poesia e Literatura
Escrito por Bertoldo Schneider Jr. às 00h16
[ ] [ envie esta mensagem ]



Vulcanos estiveram na Terra no séc. 19

Essa é uma notícia para os Trekkers. Delacroix pintou “A liberdade guiando o povo” inspirado na insurreição de Paris de julho de 1830. No canto da tela, há um Vulcano abatido.



Categoria: Outras Artes
Escrito por Bertoldo Schneider Jr. às 18h50
[ ] [ envie esta mensagem ]



Palmeiras bate o velhinho

 

Não tem como deixar de comentar o canudo que o Palmeiras deu no São Paulo. Simplesmente, num jogo de vida ou morte (uma vez que o perdedor fica longe da zona de classificação), o Palmeiras botou 4x1 de virada no "velhinho". Teve pênaltis e até defesa de mão trocada. Estranhamente, o melhor jogador da partida foi o Adriano do São Paulo. O gol do Sampa foi o "feijão com arroz" deles: escanteio bem batido e cabeçada perfeita. Depois o Kleber deu uma ciscada que quebrou as espinhas da defesa do Sampa e colocou. O Rogério ainda tentou, mas não deu. No segundo tempo o velhinho perdeu só nos penalties. Na primeira penalidade, o Junior foi desarmar o Valdívia (que tem Ph.D. em cavar falta) na área e cometeu a burrice (e por isso merece o pênalti, mesmo que não tenha sido) de deixar as pernas levantadas no carrinho. Manezou, levou! Depois, penal de Juninho Em kléber (que jogou pra caralho), indiscutível e ainda um terceiro de Richarlyson em Diego Souza, também indiscutível. Nos três pênaltis o Rogerião foi “pro outro lado”. Tem um gosto legal bater o São Paulo e agora podemos até sonhar com título. Meu sangue ta mais verde hoje!



Categoria: Boca no Mundo
Escrito por Bertoldo Schneider Jr. às 17h41
[ ] [ envie esta mensagem ]



Lagarta verde brilhante, Pachylia ficus

As lagartas fêmeas se alimentam das folhas (e geram um escremento em forma de Granada) e se reproduzem nas ávores de Fícus (Ficus aurea, Ficus carica, Ficus microcarpa, Ficus religiosa, Ficus pumila, Ficus gamelleira, Ficus prinoides, Ficus pumila, a variável brasileira Ficus benjamina, Artocarpus integrifólia). A lagarta, quando na fase de comer folhas, é extremamente difícil de ser encontrada. Sua presença é delatada pelos excrementos em forma de granadas com quase 1 cm de tamanho máximo. Sua aparência é exatamente a de uma folha e pode-se perder muito tempo procurando-a mesmo que ela esteja na frente do seu nariz. O final da fase é uma borboleta feia pra cachorro. Dessas que a gente chama de bruxa. Na fase reprodutiva, essa simpática lagarta come pra caralho, cresce pra caralho (até um tamanho de uns 3 polegares) e tem um sistema muito meigo de reprodução. Quando ela fica gorda pra caralis, as larvinhas filhinhas simplesmente atravessam sua pele e fazem pequenos casulos a sua volta. Os pequenos casulos se fundem num tipo de canudo ovalado branco como algodão. Olhando de perto dá pra ver larvinhas dentro das dezenas de casulinhos grudados entre si. A lagarta mãe não morre (!!!!), ela continua sua vida, toda perfurada, pra virar uma horrenda borboleta... não sei pra quê. A fotos atesta a beleza da coisa. O fato é que eu cansei de limpar os cocozinhos-granadas de cima do carro e da calçada, e tenho a responsabilidade de não deixar a praga se proliferar. Por conta do acontecimento eu fui pesquisar, na internet mesmo (já que um monte de doutores professores especializados na área se negaram a dar uma pista sobre o que as fotos que mandei significavam), sobre as lagartas e o fícus. A lagarta era a Pachylia fícus e minha árvore a Fícus benjamina, que descobri ser pouco apropriada para urbanização. No Rio, a espécie Ficus benjamina está sendo substituída gradativamente (por outras espécies como o ipê e Oiitis) por causa dos males que causa nas calçadas, redes de água, muros e edificações. A campanha é a “Fico ou não fico com o meu Ficus". O resultado de tudo isto é a remoção da árvore do meu jardim. Estou procurando um ipê amarelo, árvore em extinção, para colocar no lugar.



Escrito por Bertoldo Schneider Jr. às 15h39
[ ] [ envie esta mensagem ]



Dez anos do maior gol contra de todos os tempos.

  A data era 15 de março de 1998. O Palmeiras jogava contra seu pior inimigo, o Corinthians, e estava saindo daquela fase “segunda-academia”. O autor do gol contra é o Oséias, mas não pense que foi um gol contra comum... foi especial mesmo. O Oséias era um matador naquela época, excelente jogador, só que seu cabelo devia sugar muito de seu cérebro. Num determinado momento daquele clássico, teve escanteio para o Corinthians bater. O momento era importante e todo o time foi lá pra ajudar. O Oséias também. O Marcelinho (logo ele) foi lá pra bater. Como de costume, ele mandou uma curva perfeita direto para a risca da pequena área, como qualquer cabeceador gosta. Só quem viu pode entender. O Oséias subiu, olhou pro gol e meteu uma cabeçada igualmente perfeita, de cima pra baixo, sem chance do goleiro pegar, golaaaaaaaaaço!!! Só que foi contra. Alguma coisa deu “circuit” na cabeça do negão e o cara virou matador na área errada. Na época comentaram que ele teria confessado que “se enganara” de lado, versão que não se oficializou. Fico pensando até hoje o que o Oséias sentiu quando viu toda aquela torcida pulando por causa do golaço... a torcida errada.



Categoria: Boca no Mundo
Escrito por Bertoldo Schneider Jr. às 14h57
[ ] [ envie esta mensagem ]



Petróleo em Titã

Eu estava escrevendo um resumo sobre o processo de compilação, num final de domingo, programa de índio, quando o Eltom me liga. "Você já ouviu falar da descoberta de petróleo em Titã?". Titã é uma lua gigante de Saturno. "Não", respondi. "Pois é, acharam por lá petróleo"... e daí partimos pruma discussão sobre ter ou não vida lá, etc... A rigor, o petróleo, ao contrário do que nos ensinaram na escola, não tem como origem só material orgânico vegetal ou animal estratificado e transformado a altas pressões. Petróleo é o nome de uma família muito grande e diferente de misturas de hidrocarbonetos. Nossa gasolina tem butanos, octanos e o escambal, o petróleo dá plástico, gás, diesel e um monte de outros "lixos". O petróleo de Titã é light, feito só de metano e etano (por enquanto é o que se sabe, por espectroscopia) e essas coisas são até queimadas para se chegar na gasolina aqui na Terra. A vantagem é que lá, que tem o dobro do tamanho da nossa Lua, tem estimadamente mais de quatro vezes todo o petróleo que deve ter neste planeta. E está fácil de colher. Lá o petróleo "chove". Já tô vendo alguém inventar um processo pra transformar o etano em etanol. Vai chover cachaça e vai virar o primeiro boteco entre aqui e o resto da galáxia.



Categoria: Ciência, Astronomia
Escrito por Bertoldo Schneider Jr. às 18h36
[ ] [ envie esta mensagem ]



A Spark for Mr. Vollmann

Professor Vollmann, from Berlin, is a nice man. He has a great sense of humor, and knows pretty much about measurements. I always learn a lot and I’m very grateful for his help when I was dealing with my doctorate work. But, because of my Tarzan-English, it’s very difficult to me to talk to him. I’m very slow to take conclusions from an experiment. I just can’t follow him… I think it is the third time he came to Brazil, and there always be collaboration between us, like today. I’m very tired right now, but happy with the results we achieved. In this evening we’ve passed 5 hours sparking several different materials (water, metal, soup, cream for hands, orange, apple (Gustavo doesn’t liked, but gave his apple to the science) und so weiter, and we improved our understanding about the problem of “different-materials-asymmetry” … but the very solution appears to stay even more distant, unfortunately. Science is just like that… sometimes “she” answer some questions, sometimes she ask another ones, and sometimes she kill all the questions… letting you lost in a desert place, at night, and without stars…



Categoria: Ciência, Astronomia
Escrito por Bertoldo Schneider Jr. às 23h50
[ ] [ envie esta mensagem ]




[ ver mensagens anteriores ]